Um dos erros mais comuns de muitas pessoas é pensar que os cães não podem sentir frio graças a sua pelagem. Embora, seja sabido que alguns cães grandes têm a capacidade de poder suportar o frio sem muitos problemas, existem outros que simplesmente não o toleram. Assim como os seres humanos, estes pequenos amigos de quatro patas podem sofrer muito em condições climáticas adversas, seja por haver muito calor ou muito frio.

Embora para alguns isso seja algo impossível de acreditar, na época de inverno não somente nos devemos preparar a nós mesmos para podermos aguentar tranquilamente as baixas temperaturas, mas também devemos estar cientes do amparo necessário aos nossos cães, já que do contrário, eles poderão vir a sofrer sérios problemas de saúde.

Como posso saber se o meu cão tem frio?

Se o seu pequeno amigo vive no interior de seu lar, poderá notar facilmente se ele sentir frio ao vê-lo encolhido nas zonas mais quentes. Entretanto, se ele viver fora de seu lar, os sintomas podem ser muito mais variados.

Se notar que o seu cão apresenta alguns destes sintomas, é que ele tem muito frio:

  • Apresenta uma forte secura na pele
  • Treme
  • Respira com lentidão
  • Dorme muito mais do que o normal
  • Apresenta rigidez muscular
  • Move-se de maneira lenta

Se você notar que ele tem alguma parte do corpo enrijecida, é necessário fazer uma boa massagem para ajudar a regular a sua circulação. Assim mesmo, você deverá levá-lo a um lugar quente e cobri-lo com uma manta.

Quais são as enfermidades que o frio pode causar nos cães?

Quando se apresentam baixam temperaturas, geralmente no inverno, os cães podem sofrer enfermidades articulares como a artrose, que costuma ser comum nos cães com idade muito avançadas.

Assim mesmo, a traqueobronquite infecciosa, também conhecida como a tosse dos canis, pode ser contraída tanto no outono como no inverno. Esta enfermidade de caráter viral é muito difícil de curar, apesar de não ser grave.

Seus sintomas mais comuns são:

  • Tosse
  • Forte mucosidade
  • Vômitos
  • Febre elevada.

Esta enfermidade pode ser prevenida através da vacinação, preferivelmente em épocas de verão.

Como posso proteger o meu cão das baixas temperaturas?

Embora pareça óbvio, a melhor opção é cobri-los com uma cômoda manta ou com um casaco. Apesar do fato de muitas pessoas pensarem que isso se trata de uma simples e absurda banalidade, a roupa para cães é algo obrigatório se você deseja protegê-los dos males ocasionados pelas baixas temperaturas.

Mesmo assim, você deve permitir que o seu animal de estimação fique no interior de sua casa. Nesta situação se recomenda ter o aquecedor em uma temperatura adequada, e preparar um espaço quente e acolchoado, no qual ele possa se sentir cômodo e aquecido.

Se o seu amigo peludo for muito velho, você deverá usar uma cama para cães com aquecimento, e cobri-lo com uma manta grossa quando ele estiver deitado. Igualmente, deverá manter o calor em suas articulações, já que em idades avançadas, isto costuma ser um grande problema.

Saiba muito mais em: meusanimais.com.br.

Comente no Facebook

Comentários